Portfólio de Embriologia
Just another WordPress.com weblog

26/08 teórica: fecundação; prática: gravidez ectópica

Na aula teórica de hoje, o intrincado processo de fecundação foi exposto à sala. Pouco se tinha aprendido no cursinho em comparação com o que foi ensinado em aula.

A fecundação ocorre na ampola da tuba uterina e consiste numa série de eventos moleculares coordenados que se iniciam com a capacitação e aproximação dos gametas e termina com a mistura dos cromossomos maternos e paternos na metáfase da 1ª mitose do zigoto. Ela dura cerca de 24 horas.

Ela é dividida em 8 etapas: capacitação; atração dos gametas; travessia da corona radiata; reconhecimento da Zona Pelúcida; reação acrossomal; penetração na Zona Pelúcida; fusão das membranas dos gametas; ativação do ovo.

É incrível saber que dos 350 milhões de espermatozóides ejaculados apenas 1 se fundirá com o ovócito secundário para formar a célula capaz de originar um novo ser, o zigoto.

A aula prática foi realmente dinâmica, a professora escolheu um dos colegas para encenar um pequeno teatro em que as monitoras foram paciente e acompanhante, enquanto meu colega foi o médico encarregado de descobrir o que afetava a adolescente com fortes dores abdominais. Foi perceptível a dificuldade encontrada em uma anamnese. Conseguir palavras para formular um questionamento para uma pessoa que não desfruta do vocabulário acadêmico não é uma tarefa fácil. Deu para ter idéia do que nos espera em um futuro não muito distante.

Na simulação, a paciente tinha gravidez ectópica. A professora comentou sobre um certo “descaso” médico para a possibilidade de uma gravidez ectópica durante a amnésia. Também disse não ser difícil detectá-la, um ultra-som é esclarecedor nesse procedimento. Quando não descoberta, pode levar a mãe a ter uma hemorragia interna com grande probabilidade de morte.

A gravidez ectópica, mais conhecida como gravidez nas trompas, é um problema grave que afeta uma em cada 100 gestações. Ela ocorre quando há a gestação fora do útero e a razão mais comum desta gravidez é uma lesão nas trompas, o que causa uma obstrução ou estreitamento e impede a passagem do óvulo para o útero. Problemas como infecções pélvicas podem danificar a trompa e causar nós ou aderências.

Segundo a ginecologista e obstetra do Hospital São Luiz, Fabiane Sabbag, a incidência da gravidez ectópica tem aumentado nos últimos 20 anos, e isto aconteceu devido ao aumento de infecções ginecológicas, cirurgias ginecológicas prévias, gestação após fertilização in vitro, uso de DIU, uso de pílula do dia seguinte ou de pílulas de progesterona.


Gravidez ectópica infundibular.

Anúncios

28 Respostas to “26/08 teórica: fecundação; prática: gravidez ectópica”

  1. Gostaria de saber se a gravidez na trompa pode levas a pessoas a colocação de um clisp cirurgico no anul?
    Marilene
    Fone:97802562

  2. Gostaria de sabe se uma cirurgia por gravidez na trompa pode leva a colocação de clisp ciurgico?
    Marilene
    Fone: 97802562

  3. Gostaria de saber se essa gravidez causa sangramento
    se tem alguma coisa que vc coma também possa ta dando dores abdominais pq eu não tenho certeza se tou gravida ja tomei muita pilula do dia seguinte tenho medo pq se eu tiver gravida será que a minha gravidez possa ser ectópica?ex:eu comir uns dias desses maracujá e derrepente me deu dores abdominais e sangramento.

  4. eu tive uma gravidez tubaria a tres anos e meio,de lapra cá nao engravidez mais procurei um medico pra começar um ratamento pra engravidar ainda to no omeço e so fiz exames engravidei de novo nas trompa do lado esquerdo e na primeira gravidez nao mim lembro de ke lado foi e nao sei se perdi as duas tronpa ou se ainda tenho uma recomperada.nao entendi pq so engravido nas trompa pode me responde?

    • Olá, torço para que consiga engravidar. E saiba que gravidez nas trompas é algo relativamente comum entre as mulheres. É importante lembrar que o encontro do espermatozóide com o óvulo geralmente se dá nas trompas e só depois o óvulo fecundado migra para o úturo, local onde vai se nidar (fixar). Quando o óvulo fecundado não chega ao útero, ele começa a se desenvolver nas trompas, algo inviável para a continuidade da gestação. São variados os fatores que impedem a chegada do óvulo fecundado até as trompas, como exemplo, posso citar algum tipo de estreitamento da trompa (imagine ela como um tubo que pode estar mais estreitado em algum ponto), de falha na motilidade dos cílios existentes nas tubas uterinas, de variação hormonal anormal, etc. Há quem diga que até a idade avançada possa ser um fator agravante.

      Espero ter ajudado.

  5. hoje to encima de uma cama no quarto dia da cirugia pela gravidez tubaria.e Deus ta mim dando forças pra quando mim reconperar continuar meu tratamento nem ke seja pela inseminaçao artficial.

  6. o que sera que esta acontecendo com uma pessoa depois de realizar essa cirurgia uma semana depois sente muitas dores, dores muito forte

  7. JÁ TIVE DUas gravidezes ectópicas E GOSTARIA MUITO DE SABER QUAL O MOTIVO DO ESTREITAMENTO DE UMA TROMPA E COMO FAÇO PARA INVESTIGAR ISSO.

    • Oi Helena. Quanto ao motivo do estreitamento da trompa uterina como causa da sua gravidez ectópica, é importante esclarecer se é esse mesmo o real motivo. E para se certificar procure o ginecologista que provavelmente irá te pedir uma ecografia ou algum outro exame mais detalhado. Torço para que seja esclarecida. Feli ano novo

    • eu a cabei de saber que estou gravida pela segunda vez pelo mesmo motivo e pesso que deus nos abencoe

  8. eu tive uma gravides tubaria,depois que eu tive meu filho mais novo,foi depois dos 40 dias eu comecei a sentir todos os sintomas de uma gravidez,mas tem um porem eu mestruava normal,até os tres meses,depois eu comecei a sentir como se eu fosse desmaiar e minha pernas doia até a virilia e com calafrio,só ai que eu descobrir que nao era normal e procurei fazer uma trans vaginal edescobrir que eu corria risco de vida.hemorragia interna no terceiro mes.

  9. ola meu nome e rosangela,, eu tenho 25 anos e eu tive uma gravides tubaria tm 20dias atras, ate então eu não sabia que tava gravida ,eu achava que era apeniscite pela dor que eu sentia .eu queria saber como e cusada essa doença.
    eu andei pesquisando na internete,e descobri que eu tava sentindo esses sintomas a auguns dias tais como dores nos onbros, tontura sangramento a 15dias enfim o que evitar esse tipo de gravidez.????

    rosangela-março31/2011/;;23;38

    • Olá Rosangela! Não sei o quanto você pesquisou e muito menos a fonte. A internet não costuma apresentar informações confiáveis quando o assunto é medicina, e mesmo quando essas são de bom valor científico, elas costumam vir generalizadas. Bom… Antes de falar de como evitar, resumidamente, falarei o que é a gravidez ectópica. Gravidez nas trompas é algo relativamente comum entre as mulheres. É importante lembrar que o encontro do espermatozóide com o óvulo geralmente se dá nas trompas e só depois o óvulo fecundado migra para o úturo, local onde vai se nidar (fixar). Quando o óvulo fecundado não chega ao útero, ele começa a se desenvolver nas trompas, algo inviável para a continuidade da gestação. São variados os fatores que impedem a chegada do óvulo fecundado até as trompas, como exemplo, posso citar algum tipo de estreitamento da trompa (imagine ela como um tubo que pode estar mais estreitado em algum ponto), ou algum tipo de falha na motilidade dos cílios existentes nas tubas uterinas, ou de variação hormonal anormal, etc. Há quem diga que até a idade avançada possa ser um fator agravante.
      Portanto, nem sempre será possível evitar a gravidez ectópica se ela ocorrer devido a alguma alteração anatômica, por exemplo. No entanto, se você tem algum desbalanço hormonal, procure seu ginecologista para controlar esse problema e, por conseguinte, diminuir os riscos desse tipo de gravidez. Há estudos que mostram que quem fuma tem mais chance de ter gravidez ectópica, espero não ser o seu caso…

      Os sintomas que você sentiu são próprios da desproporção entre o feto em crescimento e o pequeno espaço tubário. Chega um momento que a nutrição se torna insuficiente e há o rompimento de pequenos vasos sangüíneos (por isso o sangramento) que pode evoluir para choque hemorrágico se não controlado.

      Espero ter esclarecido suas dúvidas e torço para que logo você tenha a oportunidade de ser mãe.
      Um abraço

  10. gostaria de saber pq falam na embriologia q engravidar é muito dificil?

    • Olá Kelly! De fato, engravidar não é nada fácil. A fecundação é um processo que dura cerca de 24 horas e dos 350 milhões de espermatozóide do ejaculado normal, apenas se fecundará ao ovócito secundário. Basicamente, engravidar é difícil porque qualquer alteração em umas das 8 etapas da fecundação inviabiliza a gestação. Só para você lembrar eis as etapas:
      1- Capacitação
      2- Atração dos gametas
      3- Travessia da corona radiata
      4- Reconhecimento da Zona Pelúcida
      5- Reação acrossomal
      6- Penetração na Zona Pelúcida
      7- Fusão das membranas dos gametas
      8- Ativação do OVO

      Se quiser mais detalhes procure nesse livro, se tiver alguma dúvida pode perguntar. Um abraço
      livro: Moore, K. L. & Persaud, T. V. N. Embriologia Clínica, 7ª edição, Elsevier, 2004

  11. Boa tarde, hoje faz 36 dias que perdi meu bebe devido a uma gravidez ectopica, que poderia ter sido diagnosticada prematuramente se os profissionais da saúde descem um pouco mais de crédito as queixas dos pacientes, pois ja tinha passado mal procurei o hospital e a médica que atendeu disse que era NORMAL era apenas cólica não pediu nenhum exame apenas fez o exame de toque e disse que meu colo tava fechado eu estana coms angramento e dor, depois de 2 semanas continuava sangrando pouco, passei mal no trabalho fui pra casa ai desmaiei em casa não conseguia nem andar, quando cheguei no hospital estava com 1 e 1/2 litro de hemorragia interna não deu tempo de nada fui direto para a sala de sirurgia minha pressão tava muito baixa, segundo este médico que por sinal era o chefe da emergência me disse que eu poderia ter morrido em casa, perdi a trompa esquerda e teve que tirar meu bebe agora to cheia de dúvidas pois leio bastante e cada lugar é uma informação estou esperando minha consulta dia 07 para tentar tirar minhas dúvidas, e ver se existe algo que eu possa fazer para conseguir engravidar e ter uma gravidez saudavel, pois não fumo, tenho 25 anos, era a minha primeira gravidez, tive na minha vida apenas 2 parceiros meu primeiro namorado e meu marido e nunca tinha tido nenhum problema, nenhuma sirurgia, nada e não tenho histórico na família, mas gostaria de saber se for possível me responder qual são minhas possibilidades de engravidar e em quanto tempo?obrigada.

    • Olá Aparecida! Sinto muito pela sua perda, o que você disse faz sentido e certamento um simples ultrassom poderia ter evitado maiores complicações… Mas não desista, você é nova e, se não tiver fatores intra-uterinos que dificulte a implantação do embrião, existe grandes possibilidades de você ter êxito em uma nova gestação. Você pode ter perdido a trompa esquerda, mas ainda existe a direita, assim, há possibilidades de você gerar naturalmente. Entretanto, há a inseminação artificial que, basicamente, seria implantar diretamente no seu útero um óvulo fecundado com um espermatozóide do seu marido, isso transporia o problema da gravidez ectópica tubária. Inseminação artificial é mais barata do que fertilização in vitro, muitos confundem mas elas não são a mesma coisa. Pesquise a diferença e se tiver dúvidas pergunte-me. Converse com seu médico e tenha certeza de que ainda existem muitos bons profissionais no mercado, na verdade, os bons ainda são a maioria.

      Boa sorte
      Abraço

      • Felipe, não é o contrário? Na fertilização in vitro que se coloca o óvulo fecundado pelo espermatozoide?

      • Concordo com você, inclusive aí vão algumas informações sobre fertilização:

        A fertilização em vitro foi criada por Steptoe e Edwards e descrita pela primeira vez em 1978, foi originariamente desenvolvida visando-se suplantar problemas tubários graves como ausência bilateral ou obstrução de trompas, esta última freqüente seqüela de doença inflamatória pélvica em nosso meio. Atualmente, tem sido empregada também com algum sucesso nos casos de infertilidade sem causa aparente,quando o casal, submetido a protocolos de pesquisa extensos e minuciosos, não apresenta motivo detectável de infertilidade. Ainda tem indicação nos casos em que o fator masculino é o limitante do processo reprodutivo, desde que a concentração de espermatozóides com motilidade rápida no swim-up seja no mínimo de dois milhões. Também tem sido amplamente indicado nos casos em que a paciente apresenta endometriose. Na fertilização “in vitro”a paciente utiliza medicamentos para produzir um maior número de óvulos, sendo que o controle do desenvolvimento destes é feito com exames de ultra-som seriado. A coleta dos óvulos é feita através de uma punção pela via vaginal, guiada pelo ultra-som, sendo necessária, para maior conforto da paciente, uma sedação. O número de pré-embriões transferidos varia com a idade da paciente, a qualidade dos pré-embriões, o número de oócitos capturados, fertilizados, divididos e outros fatores, mas há um consenso em se transferir 4 embriões no máximo, porém, tendemos a transferir um ou dois pré-embriões.

        Inseminação artificial: O objetivo da inseminação artificial é depositar os espermatozóides, após um processo de melhoramento, mais próximo do local onde normalmente ocorre a fecundação.Habitualmente, a mulher utiliza medicamentos na inseminação para que se obtenha um maior número de óvulos.A ovulação é controlada através de exames de ultra-som para que possa determinar o momento preciso da realização do procedimento. Os casais que se beneficiam desta técnica são os que apresentam alterações no muco cevical, infertilidade sem causa aparente e alterações leves no esperma. Os resultados do procedimento variam conforme a indicação do processo, ou seja, o fator que leva ao tratamento é de suma importância no resultado final. Podemos ter nas melhores condições resultados em torno de 20% de sucesso por tentativa.O número de tentativas pode variar, lembrando-se sempre que o procedimento é uma tentativa. A chance normal de um casal obter a gestação é em torno de 20% por tentativa, quando não existe impedimentos, ou seja, se o procedimento passa a barreira que impede a gestação, teremos uma chance normal de gravidez.

        Quando fiz esse blog estava no primeiro ano da faculdade, não estranhem se encontrarem alguns enganos. Um abraço!

  12. ola, meu nome é Andreia, tive duas gravidez ectopica e fo muito dificil entender tudo isso, mais creio que o impossivel para os homens é poosivel aos olhos de Deus, minha trmpa esquerda foi recuperada e esta obstrida dizem os medicos que so posso fazer uma iv,, meu coracao está descansado no Senhor, tenham Fé,,,,

  13. eu fiz uma cirurgia de uma gravidez ectopica nao tive sangramento tava de 11 semanas foi descoberto pela ultra fui enternada as presas deu tudo certo fiquei sem a trompa direita faz 21 dias e fiz uma besteira tive relacao com meu marido e ele nao conseguiu segurar e ejaculou dentro estou dezesperada me ajude

    • Bom… Melhor você ir conversar com seu médico, algo que provavelmente você já deve ter feito. O risco de ter outra gravidez ectópica é pequeno, o problema é que como você fez uma cirurgia para retirada de uma das trompas, talvez a cicatriz cirúrgica ainda não foi formada completamente de maneira a não interferir em uma possível nova gestação.

  14. tenho uma filha de 8 anos e foi tudo normal na gravidez dela,a dois anos venho tentando ter outro filho,a dois anos tive um aborto sem esplicaçao eu ia fazer 3 meses,fiz uma coletagem depois de 6 meses tentei de novo e tive uma ectopica agora faz um ano e meio que tomo anticosepnal,sera que se eu tentar dinovo corro risco ou posso conseguir com uma trompa so?tenho 26 anos…obrigada desde ja..

    • Olá Fernanda. Quanto ao problema da possível gravidez ectópica, é complicado prever a probabilidade de você novamente apresentar a ectopia. Você já conversou com seu médico sobre a possibilidade de você ter algum estreitamento das tubas uterinas ou alguma disfunção da motilidade dos cílios que conduzem o óvulo fecundado das tubas até o útero? Se não, converse com ele. Em sua primeira gestação o parto foi cesárea? Algumas pacientes apresentam um tendência maior para desenvolver aderências, muito comuns após procedimento cirúrgico.

      Converse com ele e de me diga a resposta.

      Boa sorte

  15. Meu nome e kely e tenho 20 anos. Tenho um filho de 3 aninhos e agora tou com sintomas de gravidez ectopica. Fiz 2 testes de farmacia e deu positivo. Entao fiz o ultra son e meu medico diss que nao tinha nenhum feto no ultero entao fiz o exame de sangue e deu como se eu tivesce gravida a 1 dia pelos resultados hormonais. Ai passei mal com muitas dores e sangramento. entao fui ao hospital e levei o exame foi ai que eu disse a medica da emergencia q meu medico tinha feito um ultra son e nao tinha feto nenhum e no msm dia eu fiz outro exame de farmacia e deu positivo como que nao tinha feto? foi entao que surgiu a epotse que eu teria uma gravidez ectopica. Mas nao quero tirar meu filho quero ter msm sabendo que eu corro risco. O que posso fazer pra ter meu filho?

  16. meu nome é elizabete,há 20 dias atrás fiz uma cirurgia ectópica,retiraram uma trompa direita e depois de 15 dias fiz uma algo que não podia,tive relação com meu esposo mas com camisinha e outros dias também,ontem já estava meio estressada com poucas dores achando que já seria com conta da minha menstruação vim,mas fiz as contas creio eu que ainda não estava em tempo. Fizemos novamente relação e nesse ato sangrou,estou com medo sem saber se menstruação ou por conta da cirurgia que possa ter machucado por dentro.me ajuda o que fazer para aliviar minha tensão sem saber realmente o que sejas. obrigado!

    • Oi Maria, desculpa pra responder. Acredito que você já tenha feito, senão procure seu ginecologista o mais rápido possível e relate o ocorrido. Ele tomará as devidas providências; esse é o melhor de jeito de aliviar sua tensão.
      Boa sorte


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: